CRM-MS 6498  |  RQE 5060

Gluteoplastia – Prótese de Bumbum

A lipoaspiração é um dos procedimentos em cirurgia plástica mais realizados em todo o mundo. A técnica consiste em retirar o excesso de gordura, geralmente das camadas profundas de determinadas áreas corporais , através de um aparelho de sucção ou seringas. Por sua vez, a lipoescultura consiste em utilizar a própria gordura retirada para modelar partes do corpo ou preencher depressões.

Ambas são procedimentos que podem ser realizados isoladamente ou associados com outras intervenções, tais como as plásticas totais ou parciais de abdome ou de face. A técnica de lipoaspiração é consagrada dentro do arsenal da cirurgia plástica, com indicações precisas para correção do contorno corporal em relação à distribuição do tecido adiposo subcutâneo. A cirurgia de lipoaspiração não tem indicação para emagrecimento e não substitui a prática diária de exercício e os bons hábitos alimentares para este fim.

Tipo de Anestesia:

Dependendo da extensão da área corpórea, varia desde anestesia local com sedação á anestesia geral.

Tempo de Duração:

Depende da área a ser tratada pode variar de 30 minutos à 3horas.

Período de Internação:

Depende da área a ser tratada pode variar de 30 minutos à 3horas.

Evolução Pós Operatória

A lipoaspiração é considerado uns dos mais incômodos procedimentos dentro da cirurgia plástica , uma vez que pode trabalhar em grandes áreas corporais , no entanto a dor é variável de paciente para paciente , uns apresentando um alto limiar para dor e outros não . O fato é que o maior incomodo é restrito aos três primeiros dias após a cirurgia sendo bem tolerada e tratada com o auxílio de analgésicos e aliviada com o repouso adequado. E comum a presença de áreas arroxeadas , equimóticas , nas áreas operadas que correspondem a infiltração do tecido celular subcutâneo por sangue que tendem a desaparecer em poucos dias com o auxilio de massagens e pomadas especificas .Alem disso , pode haver sensação de queimação, redução da sensibilidade e acúmulo de pequenas quantidades de liquido na área tratada que desaparecem dentro das primeiras semanas após a cirurgia. E importante ressaltar que após a cirurgia observa-se uma quantidade de edema no qual 90 % do mesmo tende a regredir dentro do primeiro mês e o restante ate 6 meses após a cirurgia , sendo variável de paciente para paciente. O retorno ao trabalho depende da extensão da cirurgia, nos casos de grandes áreas , o paciente terá de condições de retornar ao tralho em cerca de 10 dias, e de pequenas áreas em 3-5 dias, podendo ser variável de paciente a paciente.

Cicatrizes

As cicatrizes deixadas pela lipoaspiração são muito discretas, são em número variado, normalmente com cerca de 4-5mm de extensão e colocadas em locais muito pouco aparentes, como dentro do umbigo, do sulco mamário, nas laterais dentro da marca do biquini, etc., e normalmente sua presença não incomoda as pacientes.

Possíveis Complicações

Cada organismo reage de maneira diferente a cirurgia .A grande maioria dos pacientes atinge um resultado ideal, enquanto uma minoria tende apresentar resultados negativos, em maiores ou menores proporções, independentemente do trabalho médico ter sido feito com o maior zelo, perícia e cautela. Entre esses resultados negativos que, felizmente, são raros, o(a) paciente pode apresentar:

1 – Irregularidades na superfície lipoaspirada;

2 – Necrose de pele, por deficiência circulatória (sendo o tabagismo sua maior causa);

3 – Embolia pulmonar gordurosa (raríssima);

4 – Perfuração de vísceras (raríssima);

5 – Flacidez de pele na região lipoaspirada;

6 – Infecção;

7 – Deiscência de pontos – abertura dos pontos realizados;

8 – Trombose venosa – coagulação do sangue dentro das veias;

9 – Complicações anestésicas – conforme o tipo de anestesia realizada – podendo acontecer alergia a medicamentos(choque anafilático), hipertermia maligna, cefaleia (dor de cabeça) pós peridural, etc..;

10 – Complicações estéticas: cada pessoa tem um tipo de cicatrização e são exemplos de complicações estéticas o aparecimento de quelóides, hipercromia de cicatrizes (escurecimento das cicatrizes), irregularidades da área operada, etc;

11 – Embora muito raro, pode haver necessidade de transfusões sanguíneas .Em isso ocorrendo, o(a) paciente receberá os esclarecimentos necessários para sua ciência e autorização para esta eventual reposição.

Curativos, Modeladores e Drenagem Linfática

Após o terceiro ou quarto dia após a cirurgia é imprescindível a realização de drenagens linfáticas na área operada com o intuito de melhora a circulação , aliviar as dores e reduzir o edema local , colaborando para uma recuperação mais rápida do paciente e retomada das atividades laborais. Além disso, e imprescindível o uso de cintas modeladoras por um período de 60 dias e de uma espuma modeladora por um período de 20 dias , com a intenção de reduzir o edema , melhorar o contorno corporal e trazer mais conforto e segurança ao paciente.

Recomendações sobre a Gluteoplastia de Aumento

Pré-operatórias:

• Comparecer a consulta um dia antes da cirurgia para últimos esclarecimentos , fotografias e marcação cirúrgica.

• Comunicar até 2 dias antes da cirurgia, qualquer ocorrência, tal como gripe, indisposição, febre, período menstrual, etc.

• Internar-se no hospital/clínica, obedecendo ao horário indicado na guia.

• Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer,bem como AAS e ginkobiloba, por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico (o que inclui também os diuréticos).

• Evitar bebidas alcoólicas ou refeições fartas na véspera da cirurgia.

• Programar suas atividades sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros por um período aproximado de 2 semanas.

Pós-operatórias:

• Normalmente o paciente pode voltar ao trabalho em torno de 3 a 4 dias após a cirurgia em casos de lipoaspiracoes pequenas e médias, sendo que de 7 a 10 dias em caso de cirurgias grandes.

• Os primeiros dias são bastante doloridos principalmente quando a paciente se movimenta e quando ela toca o local operado, quando em repouso o desconforto é mínimo.

• Nos casos de lipoaspirações grandes, a paciente se sente bastante desanimada nos primeiros dias, como se estivesse se recuperando de uma gripe muito forte, é por isso que nessa fase a alimentação deve ser normal e sem restrições.

• Após esses primeiros dias, o inchaço já está estabilizado e começa a diminuir e a paciente ja começa a se sentir melhor e mais animada.

Nota Importante

Resultado final: O resultado final de uma lipo costuma ser melhor avaliado e visível após o 90º dia, idealmente, a avaliaçao final deve ser feita após 180 dias, podendo este esse tempo variar de paciente para paciente.

Retoque:

Toda cirurgia plástica traz em si a oportunidade do retoque, pois o cirurgião previdente nunca retira (ou coloca) nada em excesso, já que é preferível fazer um retoque do que ter que fazer um enxerto. Na lipo a possibilidade de um retoque é freqüente, devido ao fato da cirurgia ser realizada com o(a) paciente deitado(a) e no momento em que este(a) se põe de pé, a região lipoaspirada pode apresentar mudanças. A avaliação da necessidade de retoque é feita entre 4 e 6 meses da cirurgia.

Agende sua consulta com apenas alguns cliques.

O que esperar da consulta

O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem muito de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

Conversaremos sobre

• A razão pela qual quer fazer a cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado;

• As opções disponíveis na cirurgia de contorno corporal;

• As condições médicas, alergia medicamentosa e tratamento médico;

• Uso atual de medicamento, vitamina, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas;

• Cirurgias prévias.

Também poderemos

• Avaliar o seu estado geral de saúde e todas as condições pré-existentes de saúde ou fatores de risco;

• Examinar e medir o seu corpo, incluindo medições detalhadas;

• Fotografar para prontuário médico;

• Discutir as opções e recomendar a mais adequada;

• Discutir possíveis resultados da cirurgia e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Preparando-se para a lipoaspiração

Previamente à cirurgia, pode ser necessário: 

 

i
Fazer exames de laboratório ou avaliação médica;
Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais;
s
Parar de fumar bem antes da cirurgia;
M
Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Riscos e informações de segurança

A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis.

Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Cicatrizes desfavoráveis;
Sangramento (hematoma);
Infecção;
Acúmulo de líquido (seroma);
Riscos anestésicos;
Má cicatrização;
Necrose da pele;
Dormência ou demais alterações de sensibilidade da pele;
Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado;
Assimetria;
Deiscência (reabertura de uma ferida previamente fechada);
Necrose do tecido adiposo;
Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões;
Dor, que pode perdurar;
Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares;
Fios de sutura podem espontaneamente emergir na pele, tornando-se visíveis ou causar irritação que exijam sua remoção;
Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.
Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e fique com você, pelo menos, a primeira noite, após a cirurgia.

Ao receber alta

Se você sentir falta de ar, dor no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional.

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir ótimos resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

Seja cuidadoso (a)

Seguir as recomendações de seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não estejam sujeitas à força excessiva, ao inchaço, à escoriação, ou ao movimento durante o período de cicatrização.

Faça perguntas

É importante que você tire todas as suas dúvidas diretamente com o cirurgião plástico.

É natural que sinta um pouco de ansiedade, que tenha expectativa com o resultado ou estresse pré-operatório. Discuta esses sentimentos com seu cirurgião plástico.

Recuperação pós-operatória

Após a cirurgia, curativos ou bandagens podem ser aplicados sobre as incisões e você pode ser envolto em uma bandagem elástica ou compressão para minimizar o inchaço e sustentar os novos contornos do abdômen à medida que cicatrizam. Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular

Você receberá instruções específicas, que incluem

Como cuidar do local da cirurgia e dos drenos, os medicamentos que tem de aplicar ou tomar por via oral para ajudar na cicatrização e reduzir o risco de infecção, e acompanhamento pós-operatório com o cirurgião plástico.

O que perguntar ao cirurgião plástico sobre a recuperação

– Onde vou permanecer em recuperação após o término da cirurgia?

– Qual medicação me será dada ou prescrita após a cirurgia?

– Será necessário curativo após a cirurgia? Quando será removido?

– Os pontos serão removidos? Quando?

– Quando poderei retomar minhas atividades normais e exercício físico?

– Quando será a consulta de retorno?

Qual o custo da cirurgia?

O custo é sempre uma consideração em cirurgia eletiva. Os honorários de um cirurgião podem variar de acordo com a sua experiência e o tipo de procedimento realizado.

O custo pode incluir

– Honorários do cirurgião;

– Gastos com hospital ou centro cirúrgico;

– Honorários do anestesista;

– Exames médicos.

Sua satisfação vale mais que os custos da lipoaspiração

Ao escolher um cirurgião plástico para a cirurgia, lembre-se de que a experiência do cirurgião e seu bom relacionamento com ele são tão importantes quanto o custo final da cirurgia.

Perguntas a fazer para um cirurgião plástico em uma consulta

u
Você é especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica?
u
Você foi treinado especificamente no campo da cirurgia plástica?
u
A instalação do centro cirúrgico em seu consultório é autorizada pela Vigilância Sanitária?
u
Quantos procedimentos deste tipo já realizou?
u
Sou um bom candidato a este procedimento?
u
Como ficará meu abdômen após a gravidez?
u
O que se espera de mim para que os melhores resultados sejam obtidos?
u
Onde e como o procedimento será realizado?
u
Qual o tempo de recuperação e que tipo de ajuda vou precisar durante minha recuperação?
u
Quais são os riscos e as complicações associados a este procedimento?
u
Como são tratadas as complicações?
u
Quais são minhas opções se estiver insatisfeito com o resultado da cirurgia?

i Está página foi criada com base em referências da Sociedade Brasileira de Cirugia Plástica

Depoimentos de Pacientes

"O melhor cirurgião plástico"
Your content goes here. Edit or remove this text inline or in the module Content settings. You can also style every aspect of this content in the module Design settings and even apply custom CSS to this text in the module Advanced settings.

Walisson Feijó, Dourados/MS

Deixe seu comentário!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende sua consulta com apenas alguns cliques.

Membro associado das mais importantes entidades

CRM-MS 6498 | RQE 5060

Contato

R. Firmino Viêira Matos, 1297 - Vila Progresso, Dourados - MS

(67) 3038-6044 | 99896-9191

Redes Sociais